fbpx

Reconstrução mamária

O diagnóstico de câncer de mama e suas consequências, com a realização de quimioterapia, radioterapia e retiradas totais ou parciais das mamas é um momento marcante e terrível para as pacientes acometidas por ele. O Cirurgião Plástico faz parte da equipe do tratamento e tem como objetivo reconstruir a mama acometida da melhor forma possível para devolver a auto-estima às pacientes.

 

O QUE É?
A cirurgia de retirada de reconstrução mamária consiste na remodelação e reposicionamento de tecidos após uma retirada total ou parcial da mama, seja por lesões benignas ou malignas.

 

PARA QUEM ESTÁ INDICADA?
Pacientes que serão ou já foram submetidas a retirada total ou parcial da mama.

 

COMO SÃO AS CICATRIZES?
Varia muito conforme a localização da incisão. No caso de retiradas totais da mama (mastectomia total), fica uma cicatrização oblíqua no centro da mama. No caso de retiradas parciais, pode haver ou não preservação do aréola. O objetivo principal da reconstrução mamária não é tratar as cicatrizes e sim proporcionar volume e contornos simétricos às mamas da pacientes. Isso pode ser obtido com o uso de prótese, gordura ou tecidos retirados de outros lugares do corpo. Além disso, podemos reconstruir o mamilo e aréola, tanto por meio de cirurgias quanto por meio de tatuagens.

 

QUAL A ANESTESIA?
Anestesia peridural com sedação na maioria dos casos.

 

QUAL A DURAÇÃO DO PROCEDIMENTO?
Cerca de 2-3 horas.

 

QUANTO TEMPO DURA A INTERNAÇÃO?
O paciente costuma ficar uma noite internada após a cirurgia.

 

COMO É A RECUPERAÇÃO?
É importante o repouso nos primeiros dias. Dormir de barriga pra cima é muito importante nos primeiros 30 dias. No período que a paciente está deitada é essencial realizar exercícios com as panturrilhas para diminuição do risco de Trombose Venosa Profunda. Depois de 48 horas o primeiro banho de chuveiro é liberado, de preferência com ajuda de outra pessoa e com a paciente sentada. A paciente não deve elevar seus braços para lavar os cabelos na primeira semana. Drenos são usados eventualmente e serão retirados assim que o volume de líquido que sai por eles diminuir, algo que costuma ocorrer em 7 dias. O uso das meias de compressão é iniciado antes da cirurgia e mantido até que a paciente volte a caminhar normalmente, algo que demora cerca de 15 dias para ocorrer. A malha é usada continuamente, retirada apenas para o banho e limpeza da mesma. Beber bastante líquido ajuda na circulação e reduz o risco de trombose. Alimentos leves, com pouco sal, açúcar e gordura, também são recomendados para evitar gases e desconforto abdominal.
Pontos são retirados em cerca de 10 dias.
Após cerca de 15 dias a paciente já está apta a voltar à rotina com atividades leves e relações sexuais, com cerca de 30 dias já é possível dirigir e iniciar atividades físicas moderadas. Exercícios físicos mais intensos podem ser iniciados em 45 a 60 dias, dependendo da velocidade de recuperação da paciente.

Lembre-se que os cuidados que você tiver nessas primeiras semanas serão essenciais para o seu resultado por anos!

A Van Gogh Cirurgia Plástica está situada em Porto Alegre e Passo Fundo - RS, conta com um ambiente diferenciado e com profissionais de altíssimo nível.

SBCP

Contato Porto Alegre

Endereço:Rua Gomes Jardim, 301, sala 401 - Medplex
Telefone: (51) 3519-2744
Whatsapp: (51) 99397-1313

Contato Passo Fundo

Endereço:Rua Capitão Araújo, 297, sala 905
Telefone: (54) 3622-4424
Whatsapp: (54) 99256-9409

Responsáveis Técnicos: Dr. Bruno Gasperin - CREMERS 38752 e Dr. Felipe Fasolin - CREMERS 38659

© Copyright 2020 - Van Gogh Cirurgia Plástica. Criado por A+